O vereador Gilmar Arruda levará nesta sexta-feira para votação em plenário da Câmara Municipal uma indicação ao prefeito Luís da Amovelar pedindo a criação, em regime de urgência, da Coordenadoria e do Conselho Municipal de Juventude. A iniciativa do vereador é o resultado de um compromisso firmado com as lideranças que compõe o Coletivo Acorda Juventude em colaborar para as discussões de políticas de juventude no legislativo coroataense.

Durante o 1º Encontro Municipal dos Estudantis Secundaristas realizado pelo coletivo no último dia 19 de setembro (no Fórum Desembargado José Menezes Junior) o compromisso do vereador Gilmar Arruda em apresentar esta indicação foi exposto a todos os presentes. A vereadora Neuza Muniz (PMDB), que na oportunidade representou a bancada oposicionista, se comprometeu em cobrar do vereador da base governista a apresentação da indicação na sessão do dia 2 de outubro.

A necessidade de uma indicação pelo parlamentar veio da resistência imposta pelo prefeito Luís da Amovelar para criação da Coordenadoria Municipal de Juventude em Coroatá, mesmo após ter firmado o compromisso durante as campanhas eleitorais de 2008 (ao assinar o termo de compromisso elaborado pelo Comitê da Juventude da coligação que o reelegeu) e muita (mesmo) insistência de lideranças juvenis.

O Acorda Juventude espera que com a aprovação desta indicação no legislativo a Coordenadoria seja criada imediatamente. Mas, se isso não ocorrer outras estratégias para pressionar o executivo já estão sendo preparadas, como vigílias, acampamento, e até jejum coletivo, em frente ao prédio da prefeitura (Palácio Vitor trovão).

Gilmar Arruda deverá se reunir amanhã (quinta-feira) com lideranças juvenis para uma última conversa antes da sessão da Câmara. Após esta reunião a coordenação do Acorda Juventude pretende iniciar a mobilização do segmento para se fazer presente na galeria da casa legislativa nesta sexta-feira.

Muito além da criação do departamento e do conselho, o Coletivo objetiva iniciar no legislativo as discussões sobre a necessidade da efetivação de políticas públicas de juventude, seguindo um modelo que vem sendo implantado pelo governo federal desde 2005.


Clique aqui para ler o Manifesto à Juventude Coroataense.

A Noite do orkut foi um sucesso de público, reunindo muita gente bonita a noite inteira. A festa foi uma organização dos jovens Cici Almeida e João Baiano, com o apoio do Coletivo Acorda Juventude do jovem Saddam Hussein e deste blog, que cobriu o evento com exclusividade.

A hora mais esperada da festa, animada pelos competentíssimos Djs coroataenses Rômulo Silva e Ronaldo (o Kietinho), foi o desfile para a escolha da garota e garoto mais bonito da noite.
A vitória entre os meninos foi levada, merecidamente, por João Vitor Vasconcelos e entre as meninas pela jovem Adriana.

Confira abaixo alguns clicks da festa.



Para ver mais fotos clique aqui para o meu álbum do Picasa.




A cultura e arte da periferia tomou conta da ex-praça Sarney, ontem batizada por este blogueiro de praça do Hip Hop. O B. Boys do grupo de breack dance Anjos de Rua transformaram a noite num verdadeiro palco da dança eu é parte da cultura Hip Hop. Um esforço gigantesco dos meninos do Anjos de Rua com apoio de Cici Almeida (do Coletivo Acorda Juventude e Garp), do sempre presente João Baiano e a tímida colaboração deste blogueiro.

A atividade que chamou a atenção de dezenas de jovens e adultos que passavam por ali, contou ainda com a presença musical do rapper Arineuton, que mandou sua rima autentica que nos faz refletir, mesmo sem querer.

É a juventude da periferia coroataense mostrando sua cultura e que também tem seu valor.

Postado originalmente em meu blog oficial.

Após oito meses no corte da contrapartida da Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão destinada ao custeio e manutenção do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que, além de Coroatá, atende as cidades de Timbiras, Peritoró e Capinzal, o gestor estadual de saúde, Ricardo Murad, liberou os recursos referentes aos meses de janeiro e fevereiro (somente isso), totalizando um repasse de R$ 71.500,00.

O recurso que caiu na conta do Fundo Municipal de Saúde no final da última semana foi usado para compensar os gastos já assumidos pela Secretaria de Saúde de Coroatá, que durante todos esses meses tem arcado com 50%, em vez dos 25% de gastos sob sua responsabilidade.

O relatório de aplicação destes recursos deve ser enviado para apreciação do Secretário Estadual, mas somente após a aprovação do Conselho Municipal de Saúde que, em reunião extraordinária na manhã desta quinta-feira o devolveu ao coordenador do SAMU e aguardará detalhamentos dos gastos. A aprovação do Relatório que gerou a plenária extraordinária do Conselho Municipal de Saúde (CMS) recebeu pedido de vista de 4 conselheiros, inclusive (curiosamente) do Secretário-adjunto de saúde de Coroatá, Francimar Sousa, que na plenária substitui o titular, presidente do Conselho e Secretário Municipal de Saúde, Luiz Junior.

Em comunicação a ser enviada ao secretário Ricardo Murad, anexa ao relatório a ser aprovado, o secretário de saúde de Coroatá, Luiz Junior, solicita com urgência a liberação dos recursos referentes aos meses de março à agosto deste ano.

Com os devidos atrasos, antes tarde do que nunca.


Na sessão da Câmara Municipal na última sexta-feira (18), após ter sido apreciada em reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Casa (como noticiado aqui anteriormente), foi aprovado por unanimidade o projeto de lei 005/2009, que concede o título de Utilidade Pública Municipal à Ong Grupo Respeito – Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros de Coroatá, conferindo a esta entidade (dirigida por Osman Sales, André Leal, Tony Filho e eu, que estavam presentes na seção e na foto acima) o atestado de serviços relevantes prestados ao segmento homossexual em nosso município.

Para a direção da entidade o título, apesar da discussão vazia na casa legislativa provocada por ele, representa mais uma vitória contra a discriminação em nosso município. Seguimos na luta.


A foto na qual, após a reunião da Comissão de Constituição e Justiça, o vereador Raimundo Diogo (PT) se recusa a segurar o lenço com as cores símbolo do orgulho homossexual (nem mesmo para um rápido clique).

Álbum no Picasa com mais fotos, clique aqui.

Mesmo sem ânimo para uma postagem sobre o 1º Encontro Municipal de Estudantes de Coroatá, aqui estou.

O encontro, realizado neste sábado (19) no auditório do fórum local, contou com a presença de um pequeno número de estudantes secundaristas (diante da imensidão do segmento aqui ou em qualquer município) e de jovens de movimentos sociais e dos ilustres vereadores Gilmar Arruda (PRB) e Neuza Muniz (PMDB), que ressaltaram a importância do encontro para a organização estudantil.

Após a formação da mesa de convidados, a plenária foi convidada pelo cerimonialista a homenagear os estudantes Manoel Filho e Joaquim Borges, mortos no acidente do dia 20 de outubro de 2006 durante o processo eleitoral da União dos Estudantes de Coroatá, fazendo um minuto de silêncio.

Além da palestra inicial sobre políticas públicas de juventude no Brasil, deste blogueiro, os poucos estudantes que ali estavam tiveram a oportunidade de ouvir o diretor de Ciências e Tecnologia da UBES, Manoel Furtado Neto (São Luis), que falou sobre a histórica luta dos estudantes na história do país.

Embora frustrado, inicialmente, o desejo do Coletivo Acorda Juventude (que promoveu o encontro) da organizar, naquele momento, da União Municipal de Estudantes (UMES), os esforços devem continuar. Novas estratégias foram discutidas em reunião com lideranças estudantis após o encontro, e serão definidas em reunião posterior da coordenação do coletivo juvenil de luta, na qual serão definidos também os novos rumos que devem tomar coletivo, diante dissidências ideológicas, entre coordenadores, durante a realização da plenária.

Manoel Neto, que embarcou na mesma tarde para a capital do estado por insistência deste blogueiro, conversou por quase uma hora com o prefeito Luis Mendes sobre as conjunturas estaduais para as eleições de 2012, se o que queria o prefeito era testar o conhecimento do jovem socialista sobre conjuntura política, Manoel Neto não o decepcionou, já que o diretor da UBES não titubeou e não negou reposta a nenhuma das muitas perguntas. Foi uma verdadeira aula de conjuntura política estadual, e até nacional, aos que acompanharam a conversa, como os jovens - ainda coordenadores do Coletivo Acorda Juventude, Francinaldo Almeida, Saddam Hussein, João Baiano e eu (este humilde blogueiro).

Para saber mais visite os blog: Blog do Saddam e Coroatá Jornalismo (do Prof. João Batista), que devem ter publicado algo a respeito, ou pelo menos deveriam.

Imagens:



Clique aqui para ver as fotos do Encontro.

Clique aqui e leia matérias em meu antigo blog sobre o fatídico acidente durante as eleições da União dos Estudantes de Coroatá (UEC), em 2006.

Em particular, eu agradeço as colaborações de Alcyleide Régia (secretaria de Assistência Social), Odair José (secretário de Educação), os estudantes Suelem Canhede (do João Lisboa), Rui (do Lêda Tajra), Marciel Santos (do Joaquim Borges), Rayane e Yasmin (do Maria José), Daniel Viana (Associação Culturart) entre outros, que apesar de não citados, são igualmente importante.

Conselheiros municipais de saúde dos municípios da Região dos Cocais reuniram-se na manhã de hoje (17) no prédio sede da Regional de Saúde dos Cocais, em Codó, para uma Plenária Regional de Conselheiros de saúde (que nos pegou de surpresa), com a presença do conselheiro estadual Acataiaçú dos Santos e Blandina Ewerton, assessora técnica do Conselho Estadual de Saúde do Maranhão (CESMA).

Na reunião estiveram presentes representantes das cidades de Alto Alegre, Peritoró, São Mateus, da anfitriã Codó e de Coroatá. Os conselheiros Raimundo Costa, Adriana, Cleo Freitas (este blogueiro) e a não-conselheira Esther Moura, que representou o gestor municipal de Saúde, participaram representando o Conselho coroataense.

Por falhas na comunicação enviada aos municípios pela Unidade Regional de Saúde de Codó (um ofício, tido por alguns dos participantes, como mal feito), que informava erroneamente a localização da reunião, a equipe coroataense ficou perdida por quase uma hora (primeiro procurou a escola Remir Archer, que informou a Funasa, que finalmente informou o lugar correto: o próprio prédio da Unidade Regional de Saúde).

Após a acolhida e uma breve exposição dos objetivos da plenária pelo conselheiro estadual Acataiaçú dos Santos, a técnica do CESMA e fonoaudióloga Blandina Ewerton (que, curiosamente, se referiu ao secretário de saúde Ricardo Murad chamando-o de “doutor”) falou sobre o fortalecimento da Gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e anunciou a distribuição a todos os Conselhos Municipais (pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do SUS, entenda) do kit “Canal Saúde”, que será composto por computador, impressora, televisão, aparelho de DVD, antena parabólica.

A reunião serviu para uma rápida capacitação dos conselheiros presentes, 24 no total (curiosamente), e para a criação da Coordenação Regional da Plenária dos Conselhos Municipais de Saúde, para a qual foi eleito como titular Carlos Alberto Medeiros Jr., enfermeiro e conselheiro municipal na cidade Peritoró e como primeiro suplente o representante dos usuários no Conselho de Saúde de Codó, Elielton Lima.

Após a eleição do Coordenador Regional da Plenária dos Conselhos Municipais de Saúde e seus suplentes a reunião foi encerrada em clima de descontração. Eu, em particular, senti uma falta imensa da presença (nem que apenas de passagem) do gestor regional de saúde, o coroataense Jocimar Pereira.

Para ver mais fotos da Plenária clique aqui.

Ontem, por voltas das quatro e meia da tarde, os vereadores que integram a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal reuniram-se para avaliar a viabilidade da concessão do título de Utilidade Pública Municipal ao Grupo Respeito, associação de lésbicas e gays de Coroatá.

A comissão, formada por três vereadores membros, sendo eles Raimundo Diogo (presidente), Junior Buhatem (relator) e Gilmar Arruda (titular), este último o faltou a reunião e não enviou justificativa. Em sessão relâmpago da Comissão de Constituição e Justiça (que não durou mais que dois minutos) o relator (Junior Buhatem) deu o voto favorável, e o presidente (Raimundo Diogo) votou com o relator, dando ao projeto de lei 005/2009 de autoria do presidente da Casa a legitimidade para seguir para votação e discussão na plenária nesta próxima sexta-feira (18), onde, segundo minhas observações, o mesmo será aprovado por unanimidade.

Ao final da reunião, da qual participaram, além da secretaria da casa, os diretores Osman Sales e este blogueiro, os dois vereadores presentes foram convidados a fazer uma foto segurando um lenço com as cores do arco-íris, símbolo maior do movimento gay. E Raimundo Diogo (PT), o presidente daquela comissão, se recusou a segurar a bandeira da diversidade (acreditam?).

O Projeto Rondon é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que realiza um trabalho a nível nacional e mantém parceria com órgãos governamentais nas três esferas do governo mobilizando universitários a fim de despertar nestes estudantes uma consciência crítica a respeito da realidade nacional nas mais diversas áreas.

Uma equipe do Projeto Rondon (Maranhão) formada pela coordenadora Valdilene Oliveira e seis estudantes universitários (das áreas de serviço social, geografia e história) está em nosso município desde ontem (12).

Estive conversando nesta manhã com a simpática coordenadora regional do Projeto Rondon no Maranhão, ela disse-me que a missão da equipe em Coroatá é mapear em localidades da zona rural, e na própria sede do município, a situação do sub-registro civil. O mapeamento gerado a partir das visitas dos universitários às localidades será enviado ao Ministério Público coroataense para que as devidas medidas sejam tomadas.

O trabalho da equipe foi iniciado no Bairro Novo Areal (zona urbana), onde existe uma população de ciganos em grande número, que possivelmente encontra-se em situação de sub-registro. Em seguida os estudantes partirão para localidades na zona rural.

A equipe, que ficará em Coroatá por uma semana, fomentará a criação de um comitê formado por representantes do governo e da sociedade civil para fazer o acompanhamento da erradicação do sub-registro a ser constatado com a realização das visitas e produção do relatório do Projeto.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, que fornece apoio logístico no município, já sinalizou que o Grupo Respeito (entidade dirigida por mim) fará parte deste comitê. Mais uma vez na luta.

Será se mais uma vez fomos sorteados em mais um dos eficazes sorteios da governadora Roseana Sarney mais uma vez?

Pois chegou esta manhã por aqui uma equipe de três auditores do sempre temido Tribunal de Contas do Estado (TCE), porém, outros devem chegar nesta terça-feira para examinar a prestação de conta do município no exercício de 2008. Na ausência do prefeito Luís da Amovelar, foram recebidos por Paulo Henrique, o secretário municipal de finanças. Em instante foi providenciada uma sala ampla e equipada para que o trabalho da equipe seja logo iniciado.

Este blog não teve acesso à estimativa de permanência da equipe de auditoria do estado no nosso município, mas estará divulgando qualquer informação assim que possível.

Foto Neidson Moreira

Na matéria do Jornal O Imparcial de hoje, a tristeza da delegação de estudantes maranhenses que deixou de participar das olimpíadas escolares em Minas Gerais.

A imagem vale mais que mil palavras. Enquanto uma aluna chora, outro aluno protege suas narinas, e um outro faz um sinal de cruz credo, bem em baixo da moldura da governadora biônica Roseana Sarney.

Postagem do Blog de Ricardo Santos

Na última sessão ordinária da Câmara Municipal, o presidente da casa, verador Sebastião Araújo (PT) apresentou um projeto de lei que concede ao Grupo Respeito – Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros de Coroatá o título de entidade de Utilidade Pública Municipal. O título de utilidade pública serve para mostrar um certo reconhecimento ao trabalho já existente na organização e transmitir o sentimento de que ela tem uma utilidade ao meio em que está inserida entre outras coisas.

O projeto de lei foi bem recebido na Casa e inicialmente levou a aprovação da bancada presente. Os vereadores Junior Buhatem (PMDB), Cássio Reis (PDT), Gilmar Arruda (PRB), Neusa Muniz (PMDB) e até mesmo Lourdinha Pereira (PDT), que chegou atrasada e não acompanhou a discussão, posicionaram-se a favor. Os vereadores Marcos da Conceição (DEM) e Diogo (PT) não quiseram se pronunciar sobra a matéria.

À pedido da vereadora Neusa Muniz (PMDB) o projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça da casa e voltará a plenária na próxima sessão ordinária (dia 18). Esteve presente na galeria um tímido número de gays e lésbicas, cinco apenas (quatro deles estão na foto que ilustra esta postagem, entre eles seus diretores Osman Sales e este blogueiro). Que vergonha.

O 1º Encontro Municipal dos Estudantes Secundaristas de Coroatá, promovido pelo Coletivo Acorda Juventude em parceria com os estudantes de Coroatá com data marcada para o dia 12 deste mês fora adiado para o próximo dia 19.

Sob o tema “Juventude estudantil, vamos à luta”, o encontro conta com o apoio da União Brasileira de Estudantes (UBES) – Diretoria Maranhão e da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Governador Nunes Freire. O diretor da UBES no Maranhão, Manoel Neto e o diretor da UMES de Nunes Freire, João da Costa estarão presente no encontro falando da importância da organização estudantil e a histórica luta dos estudantes Brasileiro.

Além de palestras e debates, o encontro contará com espaço para apresentações culturais diversas, com a presença confirmada da Associação de Hip Hop, Cultura e Arte da Periferia – CulturArte.

Desde que assumiu a Secretaria de Estado de Saúde, Ricardo Murad tem perseguido a administração de Luís da Amovelar. Primeiro foi um corte de 350 mil reais mensais no repasse de verbas estaduais para o município, incluindo aí 175 mil do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), dificultando assim os trabalhos e serviços ofertados pela Secretaria de Saúde de Coroatá que, como microrregião de saúde, atende mais de 181 mil habitantes.


Em seguida pediu a desocupação do Hospital Regional Alexandre Mamede Trovão, que deverá ser entregue num prazo de 60 dias, já que profissionais, serviços e equipamentos de propriedade do município encontram-se naquele hospital, por conta das reformas que estão sendo feitas do Hospital das Clínicas.

Em comunicação enviada ao Secretário de Estado de Saúde Ricardo Murad no dia 3 deste mês, o prefeito Luis da Amovelar classifica sua decisão para a redução do teto salarial do município de infundada e ambígua, já que Coroatá, além de ser microrregião de saúde, tem produção mensal de mais de 74%, bem aproximado dos 80% exigidos pelo Ministério da Saúde, contrariando a lógica estabelecida pelo próprio Ministério e até mesmo do próprio secretário de estado que não fez nenhum corte no orçamento de cidades com o nível de produção bem abaixo do exigido pelo MS, como Pinheiro, Barra do Corda, Santa Inês e Chapadinha.

Por último Ricardo enviou para Coroatá uma equipe de auditores do Ministério da Saúde para verificar documentos e prestação de conta da Secretaria de Saúde. Segundo a própria Secretaria de Estado, mais uma vez nosso município foi escolhido através de um democrático sorteio. Esta não é a primeira que o Coroatá é contemplado em sorteio para auditorias no governo de Roseana Sarney. É muita sorte.

A equipe de auditores, ou melhor, auditoras que se encontra no município desde terça-feira (08) é formada por Amparo Silva, Arlete Aragão e Marina Aranha.

No prédio da Secretaria de Saúde as auditoras analisam atentamente documentos e prestações de conta do município, e na tarde desta quarta-feira (09) reuniram-se com o Conselho Municipal de Saúde, na oportunidade apontaram algumas falhas na composição e até na lei de criação do órgão colegiado.

O promotor de justiça de Coroatá, Marco Aurélio Ramos, publicou no último dia 02 de setembro uma recomendação ao prefeito municipal e ao comandante da Guarda Municipal proibindo o uso de armas de fogo e o policiamento ostensivo ou repressivo por parte daqueles que exercem a função de guarda municipal, informou ainda que serão autuados em flagrante pela prática de crimes correlatos à sua ação aqueles que descumprirem a recomendação.
O documento citado segue dizendo que a autoridade que, tomando conhecimento, não autuar o infrator será responsabilizado por crime de prevaricação (art. 319 do Código Penal Brasileiro) e por ato de improbidade administrativa, que prevê - dentre outras penalidades - a perda do cargo ou função pública.

A decisão do promotor é louvável, já que por diversas vezes guardas municipais, agindo como polícia, chegaram a intimidar a população coroataense, esquecendo-se que a sua função restringe à preservação do patrimonio e ordem pública.


Coroatá é um município brasileiro do estado do Maranhão.
O município de Coroatá esta no centro-leste, no vale do Itapecuru, do estado do Maranhão e dista cerca de 260 km de São Luis, capital. Sua topografia é predominantemente plana . Sua população total é de 59.877 habitantes (IBGE 2005). Cerca de 43.000 vivem na área urbana do município.

História

Os primeiros habitantes a penetrarem neste município foram os portugueses, e, a eles, juntaram-se mais tarde habitantes das zonas vizinhas. A cidade de Coroatá originou-se de “depósitos” ou “paiós” (espécie de posto) de fazendeiros e de visitantes de outras regiões, notadamente do Mearim. Com o progresso do povoado, chegaram novos imigrantes destacando-se os sírio-libaneses que, desenvolvendo o comércio, contribuíram na independência da localidade. Em 5 de novembro de 1943, através da lei n° 173, foi criada a Vila Coroatá, sendo este território desmembrado do município de Caxias e Itapecuru-Mirim. Após 77 anos Coroatá foi elevada a categoria de cidade, sendo assim seu aniversário comemorado no dia 8 de abril de 1920, favorecido pela lei n° 924, durante o governo do Dr. Urbano Santos de Araújo. O primeiro nome desta cidade foi Coroatá Grande, quando era ainda um arraial. Este nome derivou-se de uma planta existente na região chamada pelos moradores de piteira ou agave; a planta era originaria do México e os indígenas conheciam-na como Croatá-Açú. Mais tarde os habitantes começaram a se transportar para um lugar mais próximo do rio Itapecuru onde foi edificada a cidade.

Fonte: Wikipédia - A Enciclopédia Livre

Fale comigo

Fone: (99)81247070
E-mail: cleo_bf@hotmail.com

Ipsum Tempor

VISITE MEU BLOG OFICIAL, CLICANDO AQUI.

Sit amet

É permitida a reprodução total ou parcial de textos publicados neste blog, desde que citada a fonte.

Ultricies Eget

Militante político filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), blogueiro profissional e futuro acadêmico de Bacharelado em Administração Pública (UEMA). Tenho vinte e poucos anos, quatro deles vividos na blogosfera, já escrevi e ainda mantenho vários blogs além deste. Sou ainda militante social e apaixonado pelas coisas mais simples (e sem cores) da vida. Costumo, sinicamente, aconselhar aos amigos: nunca tenha um blog (você pode se viciar). Este blog traz minhas observações sobre política, juventude, sociedade e cotidiano da pequena cidade de Coroatá.

Fãs deste Blog