A delegação da Juventude Socialista Brasileira (JSB) coroataense esteve até o inicio da madrugada de ontem, literalmente, correndo atrás de recursos financeiros para que viabilizasse a participação da mesma na Etapa Estadual do 38º Conubes em São Luis, que está acontecendo hoje deste às 8h da manhã, com a participação de estudantes de todo o estado. O recurso disponibilizado pelo prefeito Luís da Amovelar para a nossa caravana (R$350,00) não compreendia ao total necessário para o custeio da ida de nossa caravana (locação de van e café da manhã na estrada).

Tristemente a nossa delegação socialista, composta por legítimos líderes estudantis, na pode embarcar nesta manhã para este importante encontro de estudantes, um momento ímpar na história do movimento estudantil maranhense e brasileiro.

Logo após a confirmação do cancelamento da viagem a coordenação da caravana marcou para a manhã de terça-feira (às 10h) no Palácio Vitor Trovão um ato para devolução do direito ao prefeito Luís da Amovelar, onde deverão ainda apresentar uma carta pública aos estudantes coroataenses.

1ª Conferência Municipal de Cultura aconteceu ontem

Aconteceu durante todo o dia de ontem (30) na Casa da Cultura a 1ª Conferência Municipal de Cultura, sob o tema “Diversidade, Cidadania e Produção Cultural”, a abertura contou com a participação do Prefeito Municipal e de um grande número de seus secretaria e “assessores”. A Conferência contou com a participação popular muito pequena, o que não permitiu sua realização por completo e permitiu a eleição apenas de 3 delegados da sociedade civil para a etapa estadual.

Este blogueiro, por ter rasgado sua credencial, foi expulso da plenária e não pode se candidatar à etapa estadual.


As matrículas para quem foi aprovado no Programa de Graduação à Distância, Formação Pedagógica e Darcy Ribeiro da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA desde o dia 27 (ontem) e se estenderá até o próximo dia 31 deste mês (sábado).

De forma irresponsável a UEMA não divulgou esta notícia através de nossos contatos (e-mail e telefone) e nem mesmo em seu sítio na internet, o que pode causar transtornos para alguns aprovados no processo seletivo. Este blogueiro, por exemplo, que foi aprovado em 2º lugar para o Curso de Bacharelado Administração Pública, ficou sabendo, por acaso, nesta manhã e ligou para a universidade obtendo a confirmação.

Os futuros acadêmicos terão que providenciar, às pressas, uma série de documentação e, é bem provável, que nem todos conseguirão reunir a tempo, o que acarretará na perda da vaga.

PS: Amigo leitor, já me encontro bem melhor e na ativa desde a manhã de hoje (como pode perceber), estou preparando a ida da caravana de estudantes coroataenses à Etapa Estadual do 38º Congresso Nacional da UBES – CONUBES, no próximo sábado (31), além reunindo a minha documentação para realizar, a tempo, minha matrícula para o curso de Bacharelado em Administração Pública (UEMA).


A 236 Km da capital maranhense, Peritoró amanheceu nesta sexta-feira, 23, com o prenúncio de um dia ruim para a sua história, pois uma multidão partiu para assistir a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores logo nas primeiras horas da manhã e o caos não demorou a acontecer. Invadiram as dependências do Poder Legislativo e, entre os manifestantes (em sua maioria funcionários demitidos por força de uma decisão judicial), vândalos ainda não identificados oficialmente pela Polícia Judiciária protagonizaram cenas de verdadeiro horror jamais vistas no Município. Um quebra-quebra geral estraçalhou tudo que havia dentro do prédio da Câmara, deixando a marca de um movimento anarquista que resultou em um desprendimento força-tarefa do sistema de segurança do Estado. Várias viaturas policiais e Grupo Tático Aéreo foram acionados durante o dia. A vigilância na Cidade inteira ainda foi mantida no entrar da noite, inclusive com investigação de peritos criminais na área.
Tudo começou de repente, logo no início da sessão, sem que houvesse a cobertura in loco de qualquer veículo de comunicação. Populares contaram que o primeiro ato que gerou a confusão foi o arremesso de uma cadeira. Muitos disseram que os vereadores saíram do Plenário escoltado pela Polícia. O vereador Raimundo Aragão (PPS) disse o contrário, que os parlamentares se retiraram em bloco (Veja o vídeo abaixo). Ninguém foi preso. Uma informação oficiosa dá conta de que até a casa do ex-prefeito Pe. Jozias Oliveira sofrera ameaças de invasão. Existem questionamentos sobre a origem da decisão judicial que forçou a demissão de 250 servidores. O ex-prefeito está sob suspeição. Os vereadores dizem que não há provas de que tudo tenha sido ataque do Pe. Josias.
No final da tarde, poucos representantes do Poder Executivo eram vistos pela cidade. Havia um clima de ficar à espreita. O secretário para Assuntos Políticos Sandro Montenegro só apareceu à noite na Câmara, apesar de ter prometido entrevista à tarde. Esteve no local o irmão do prefeito Agamenon Milhomen e o secretário de Administração que também furou compromisso com o JP. Somente o prefeito se manifestou. Ele não acusou o seu adversário. Disse à imprensa que foi notificado de uma ação do Ministério Público com expedição de liminar. Informou que teve de contratar funcionários para realizar uma “reforma administrativa” e que havia informado sobre estas contratações ao Poder Legislativo. Os vereadores, portanto, foram coniventes.
Continue lendo no Portal do Jornal do Povo, clicando aqui.

Sérgio Ripardo, da Folha de S. Paulo

Com medo da família Sarney, nenhuma livraria em São Luís (MA) aceitou abrigar o lançamento de "Honoráveis Bandidos - Um retrato do Brasil na era Sarney", diz o jornalista Palmério Dória, autor da obra. O jeito foi improvisar um evento na sede do Sindicato dos Bancários, marcado para o próximo dia 4 de novembro, a partir das 19h.

Além de detalhar todos os escândalos envolvendo o clã do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o livro dedica um capítulo (nº 8, "O lado feminino") só para falar sobre as intimidades da família e de seu patriarca.

Na página 91, Dória escreve: "Sarney achou que seus sonhos (de conquistar Ana Maria Roiter, relações públicas da Rede Globo no começo dos anos 1980) poderiam concretizar-se em Nova York - o senador delirava só em pensar na realização de seu fetiche sexual: lambidas em seu hálux, ou, na linguagem popular, o dedão do pé. E rumou esperançoso para a capital do mundo ocidental, entre os convidados da Globo para a entrega de um daqueles prêmios internacionais, em tempos de boca-livre total."

Questionado pela Folha sobre a fonte dessa informação, o jornalista não quis revelar. O autor diz que não é a primeira vez que sofre censura no Maranhão. Seu livro "A Candidata que Virou Picolé" (2002), sobre Roseana Sarney, filha do senador, foi colocado à venda nas bancas de São Luís, e teve todos os exemplares comprados pela família Sarney, afirma Dória, que confirmou presença no próximo dia 4 em São Luís. Será o primeiro lançamento do livro em uma capital nordestina.

Dória diz que a família Sarney não tomou nenhuma ação jurídica contra sua obra, que narra o enriquecimento de parentes e interferências na máquina pública, ao longo de décadas.
O autor afirma que seu livro também ficou de fora da exibição oficial da feira do livro realizada na cidade de Imperatriz (636 km de São Luís).
Mas Dória não mostra preocupação com a ausência de "Honoráveis Bandidos" nas livrarias maranhenses. "Hoje dá para comprar qualquer livro pela internet", diz Dória.

Confirmado pelos coordenadores de projetos especiais do Grupo Respeito – Associação de gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de Coroatá, André Leal e Tony Filho, que acontecerá mesmo em Coroatá uma parada gay, mas que será chamada por aqui de 1ª Caminhada da Diversidade Sexual.

O evento acontecerá em 29 do próximo mês (novembro) com concentração a partir das 16 horas em local ainda a ser definido. A 1ª Caminhada da Diversidade Sexual de Coroatá será realizada pelo Grupo Respeito, entidade com mais de dois anos de atuação, com o apoio de Ongs e militantes pelos direitos civis de homossexuais de cidades vizinhas. Para esta 1ª Caminhada o tema escolhido foi “Viver a vida. Ser feliz – Sem Homofobia por mais Cidadania”.

O projeto ainda está sendo “costurado” pela Comissão Organizadora para que seja iniciada a etapa de captação de recursos e busca de parcerias que viabilizarão a realização do evento. Mas já se sabe que a caminhada culminará com uma festa no Centro Comunitário com a animação de DJ, Gogo Boys e Drags Queens vindo especialmente de São Luis.

Essas são as primeiras informações divulgadas pela Comissão Organizadora da 1ª Caminhada da Diversidade Sexual de Coroatá, outras informações serão publicadas neste blog posteriormente.

À luta companheiros por uma Coroatá sem homofobia, mais colorida.

Por Carlos Filho



Com a presença dos seus cardeais (entre eles, o ex-governador José Reinaldo Tavares), o Partido Socialista Brasileiro (PSB), demonstrando firmeza, deu a sua arrancada rumo às eleições 2010. Iniciou um processo permanente de debates, como o Encontro Regional realizado neste sábado, 17, no município de Santa Inês. Na terra do deputado federal Ribamar Alves, após uma aprofundada exposição de idéias que chegou à exaustão, os socialistas começaram a apontar forte simpatia por uma terceira candidatura majoritária (considerando o grupo Sarney e o ex-governador Jackson Lago) em torno do deputado federal Flávio Dino (PCdoB). Por conta, decidiram buscar reforço. Acataram a proposta de reivindicar, na Justiça Eleitoral, o direito pelos cargos de três deputados que aderiram recentemente ao canto da sereia dos sarneysistas.A idéia de buscar na Justiça os cargos perdidos recebeu apoio unânime, combinando com o propósito do partido que quer avançar no cenário político-eleitoral. A proposta de apelar à Justiça Eleitoral, que já vinha sendo discutida nos bastidores, foi apresentada na abertura do encontro pelo presidente, ex-deputado federal José Antonio Almeida. Assim, uma petição será formalizada nesta segunda-feira, 19, junto ao Tribunal Regional Eleitoral, contra os roseanistas Paulo Neto (PMN), José Lima (PV) e Afonso Manoel (PMDB).

Em situação de sentença positiva, o PSB ganhará espaço na Assembléia Legislativa, recuperando o total de cinco vagas conquistadas na eleição anterior, com a diplomação dos socialistas Luana Costa (primeira suplente, esposa do deputado federal Ribamar Alves), Roberto Gama e Gomes de Chapadinha. Eles podem ter a companhia dos deputados Domingos Paz e Marcelo Tavares, o presidente da Casa.

De Coroatá estiveram presentes neste encontro além do jornalista Carlos Filho, editor-chefe do Jornal do Povo a convite deste blogueiro e os jovens Carlos Wenderson (filiado ao PSB de Coroatá) e Maciel Santos (convidado a namorar o partido).

Notícia completa, galeria de fotos e vídeos no portal do Jornal do Povo, clicando aqui.


O livro mais polêmico escrito nos últimos anos no Brasil será lançado em São Luís no próximo dia quatro de novembro às 19h00, no auditório do Sindicato dos Bancários, na Rua do Sol, no centro da cidade.

O nome do livro é “Honoráveis Bandidos – Um retrato do Brasil na era Sarney”, escrito pelos jornalistas Palmério Dória e Nylton Severiano.

Pela primeira vez o livro Honoráveis Bandidos conta a história secreta do surgimento, enriquecimento e tomada de poder regional pela família Sarney, no Maranhão, e o controle quase total, do Senado Federal, pelo patriarca que virou presidente da República por acaso, transformou o Maranhão em quintal de sua casa e beneficiou amigos e parentes.

Dória também escreveu em 2002 o livro “A candidata que virou picolé”, sobre a escandalosa retirada da candidatura de Roseana Sarney da corrida sucessória de Fernando Henrique Cardoso motivada pela apreensão pela Polícia Federal de R$ 1.340.000,00 nos cofres da empresa Lunus, de propriedade de Roseana e seu marido Jorge Murad, em março de 2002.

Honoráveis Bandidos é um livro arrasador, na mesma linha de "Memórias das Trevas", que tinha o também senador Antonio Carlos Magalhães como personagem e vendeu mais de 80 mil exemplares no Brasil quando foi lançado.

O primeiro lançamento de Honoráveis Bandidos aconteceu no dia 24 de setembro em São Paulo e na semana seguinte Honoráveis Bandidos já apareceu em nono lugar na lista de livros de não ficção mais vendidos do país, publicada semanalmente pela revista Veja. Na semana seguinte já ocupava o sexto lugar na lista dos livros mais vendidos.

Honoráveis Bandidos foi publicado em forma de brochura pela Geração Editorial e tem 208 páginas. A venda do livro de Dória na capital maranhense está sendo boicotada pelas duas livrarias Nobel, uma no São Luís Shopping e outra no Monumental Shopping, pois a franquia da Nobel em São Luís pertence à esposa de Flávio Lima, engenheiro e empreiteiro, ligado a Fernando Sarney.

No dia 04 de novembro os autores do livro irão autografar os exemplares do livro que estarão à venda no local.
Leia trechos do livro no site do Jornal Pequeno, clique aqui.


O Diretório Estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB), realizará Encontros Regionais sob o tema “A Construção de um Maranhão Socialista” para contemplar suas bases em todas as cidades maranhenses. Os encontros, segundo Antonio Carlos Serrão, primeiro secretário do partido, é fruto de uma ampla discussão da Direção Estadual, dado a sua importância para fortalecimento do PSB com vista às eleições de 2010. “Sabemos da importância dos nossos líderes municipais no contexto político que está a iniciar e compreendemos que sem sua base o Partido Socialista Brasileiro não avança, por isso convidamos a militância socialista do Maranhão para comparecer a esta nossa empreitada”, diz Antonio Carlos.

A etapa que ocorrerá neste sábado (17), em Santa Inês, terra natal do deputado federal Ribamar Alves (ex-presidente do partido) contemplará Coroatá e municípios vizinhos como Timbiras e Codó.

Estou me preparando para estar lá presente para acompanhar a bonita programação preparada pelo partido, que contará com a colaboração do atual presidente do PSB, José Antonio Almeida, do ex-governador Zé Reinaldo Tavares, de Felipe Klamt, do deputado federal Ribamar Alves, de Manoel Neto, entre outros não citados, porém não menos importantes.

Para baixar a programação dos Encontros Regionais, que é igual para todos, clique aqui.

Para baixar o calendário de Encontros Regionais, clique aqui.

À luta por um Maranhão socialista.

Roseana Sarney? Não. A ex-prefeita de Coroatá e candidata derrotada nas últimas eleições municipais: Maria Teresa Trovão Murad, ou simplesmente Teresa Murad. A ex-deputada encontra-se por aqui atendendo seus fiéis eleitores no quartel general da trupe, o antigo Clube Central, também estúdio da Rádio Comunitária (que de Comunitária só mesmo no nome) Geração Jovem FM, que outrora fora estúdio da TV Cidade e seu comitê eleitoral.

Ao saber da presença de Teresa Murad em nosso município dezenas de pessoas começaram a aglomerar-se diante do antigo Clube Central para receber a benção da tia. E tem mais: a ex-deputada não veio a Coroatá apenas para rever seus queridos eleitores e o seu séquito fiel, veio especialmente (acreditem) para oferecer emprego. Segundo informação de um de seus assessores, Teresa Murad listou nome de pessoas interessadas em ocupar cargos como auxiliar de enfermagem, agente administrativo, auxiliar de serviços gerais e etc. As respectivas vagas surgirão após a anunciada demissão em massa no Hospital Regional Alexandre Mamede Trovão, tão logo o recebimento do mesmo pelo governo estadual.

Não estou entendendo mais nada, achei que com a parceria, tão anunciada, entre Luís da Amovelar e Roseana Sarney situações como esta seriam evitadas.



Luis da Amovelar nega aliança com Roseana Sarney

Em conversa com Luís da Amovelar na tarde de ontem (13), para tratar de assuntos de outra natureza, ele disse a este blogueiro que ainda não existe de forma oficial nenhuma aliança ou acordo com a governadora Roseana Sarney, mas, que existem conversas para que ambos possam chegar a um acordo que beneficie o governo municipal.

Em outra conversa com um eleitor seu nos corredores do Palácio Vitor Trovão (prédio da prefeitura), Luis da Amovelar revelou que o maior entrave para a consolidação de sua aliança com a governadora é sua relação delicada com o deputado, Secretário de Estado de Saúde, manda-tudo no Palácio dos Leões e ex-dono de Coroatá, Ricardo Jorge Murad.

As falas de Luis da Amovelar é um verdadeiro contraste aos discursos dos vereadores da base governista na última sessão da Câmara Municipal, como noticiado em post já publicado neste blog.







A Estação Férrea São Luiz-Teresina foi aberta em seu primeiro trecho em 1895, ligando Caxias a Cajazeiras (Flores). Em 1919 foi aberto outro trecho, São Luiz - Caximbos, prolongado em 1920 até Caxias. Somente em 1938 os trilhos chegaram a Teresina, com a abertura da ponte sobre o rio Parnaíba. Trens de passageiros rodaram até o ano de 1991 pela linha. Cargueiros trafegam por ela até hoje.

A estação de Coroatá foi inaugurada em 1920. "Na primeira manhã depois daquela viagem de trem, o dia inteiro correndo em trilhos, Codó, Coroatá, Timbiras, Cantanhede, Rosário, tantas estações e paradas, quanto mundo novo ali dentro do trem, a cearensada fugindo da seca para as águas do Mearim, as fagulhas da maria-fumaça invadindo as janelas como se fossem mutucas tirando a paz do sono na viagem; na primeira manhã depois daquela viagem de trem, depois da noite insone na calçada alta do lado de fora da estação, antes que o primeiro bonde passasse, atravessei a rua e fui ao Dormitório Timbira, em frente, onde deixei por um dia a minha mala" (Edson Vidigal, 19/05/2000).


A estação funcionou até o ano de 1997 e atualmente encontra-se abandonada.

Fontes: Tarcisio Vilarinho; Edson Vidigal, 2000; Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. XV, IBGE, 1959; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-1980

Retirado do blog de John Cutrim (Jornal Pequeno), veja clicando aqui.


Aumenta a cada dia a possibilidade do ministro de Minas e Energia Edson Lobão (PMDB-MA) ser mesmo o candidato do grupo Sarney ao governo do estado nas eleições de 2010. De acordo com a coluna Radar da Revista Veja assinada pelo jornalista Lauro Jardim, Edison Lobão está encomendando uma pesquisa para detalhar suas chances de concorrer ao governo do Maranhão em 2010.

As últimas pesquisas divulgadas mostram a governadora biônica Roseana Sarney com um índice de rejeição acima dos 40%. Em 2006, as primeiras pesquisas publicadas apontavam Roseana com 78% das intenções de voto. Com o processo eleitoral em andamento, ela foi caindo até perder as eleições. Desse modo, causou grande apreensão nas hostes sarneysistas o novo patamar eleitoral de Roseana, 43%, segundo instituto Ipope do Piauí.

Em vista disso, a estratégia do clã seria a seguinte: Lobão disputaria como candidato ao governo e Roseana Sarney sairia para disputar uma das vagas ao Senado, e voltaria como candidata à governadora logo após o mandato de Lobão, pois o grupo Sarney aposta que o Congresso aprovará a emenda constitucional do mandato de cinco anos para cargos do executivo (nos três níveis de governo) e o fim da reeleição.

Já em relação a João Alberto o mesmo ficaria no governo e seria “muito bem gratificado” por não atrapalhar esse projeto. Ainda de acordo com informações, a idéia de lançar Lobão serviria para dividir setores da oposição já que o peemedebista tem bom trânsito e simpatia entre algumas lideranças das oposições, coisa que não acontece com Roseana candidata.

Uma novidade na blogosfera para os jovens coroataenses que gostam de escrever textos nas suas mais diversas formas (contos, poesias, crônicas, etc.) é o Sarau da Juventude Coroataense, um espaço on-line (blog) para publicação de poesias, contos, crônicas e outros textos literários escritos por jovens coroataenses.

A idéia é que após iniciada e consolidada a publicação on-line, com a participação de um número significativo de participantes pretendemos realizar periodicamente encontros presencias, onde serão discutidos e lidos os textos, tornando-se então um sarau tradicional.

O projeto Sarau da Juventude Coroataense, uma parceria entre os blogueiros Cleo Freitas e Antonielson Sousa, já nasce com a ambição de, posteriormente, publicar em antologia literária os melhores textos do publicados no blog.

Para visitar o blog e conhecer os primeiros textos publicados clique aqui , e para enviar seu texto para publicação utilize o seguinte e-mail: cleo_bf@hotmail.com.

O jornalista Carlos Filho, editor do Jornal do Povo Online foi destaque na revista de circulação estadual “Nossa Imprensa” (Nº 11) voltada à classe jornalística, com direito a chamada de capa, em uma matéria (muito bem)escrita pela jornalista Daniele Limeira. A matéria foi intitulada de “A Luta no Interior por um Jornalismo Democrático”.

A reportagem de mais de duas páginas inicia com um parágrafo que merece ser transcrito por inteiro. “As condições subumanas, em especial a maioria dos maranhenses do interior, onde as oportunidades são praticamente inexistentes, e o eterno espírito defensor do bem comum, da justiça, da inviolabilidade dos direitos e deveres, que fim a dignidade da pessoa humana, são razões ditas pelo jornalista e micro empresário Carlos Pereira Filho, graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA, que o impulsionaram a desenvolver projetos jornalísticos, sempre voltados para a defesa dos oprimidos e excluídos, como o Jornal do Povo e a sua versão digital, o JP Online, com cobertura (jornalística) de Coroatá e região”, diz a reportagem.

Carlos Filho tem um currículo pesado e invejável por qualquer aspirante à jornalista, além da graduação em Comunicação Social é pós-graduado em Comunicação Organizacional – Estratégias e Ações Comunicacionais para Organizações. Desde o início de sua carreira exerceu função de chefia de reportagem e direção de telejornalismo na Rádio e TV Difusora do Maranhão, criando e gerenciando projetos especiais para sistemas jornalísticos.

São dezoito anos de experiência renovada como repórter, redator, e secretário de redação dos principais matutinos de São Luís. Além de uma larga experiência jornalística, atuou na direção de varias assessorias de Comunicação Social e Imprensa. Foi um dos diretores executivos da MasterMídia Comunicadores Associados Ltda, empresa de sua propriedade e que também assessorou, entre inúmeras organizações conceituadas, a Organização das Cooperativas do Estado do Maranhão (OCEMA), chegou ainda a chefia a Assessoria de Comunicação da Procuradoria Geral de Justiça, do Ministério Público do Estado do Maranhão.

Gostaria de transcrever por inteiro a excelente matéria de Daniele Limeira, repórter da revista Nossa Imprensa, que conta a (difícil) trajetória do Jornal do Povo, desde sua criação em novembro de 2004, quando fez circular (com muitas dificuldades) uma versão imprensa, até a versão Online que “circula” nos dias atuais.

Já havia escutado os burburinhos, mas nada em caráter oficial. Tive que esperar até a sessão da Câmara Municipal na manhã desta sexta-feira para ouvir tudo o que queria ouvir (mas que na verdade jamais imaginei que um dia escutaria). Estou tentando “digerir”, até este momento, as informações emanadas por vereadores da base aliada e por mim anotadas, cuidadosamente, para não esquecer. Pasmem.

Finalmente saiu a confirmação que o prefeito Luís da Amovelar deixou o PDT (de Jackson Lago) para filiar-se ao PT (de Washington Luís), isso aconteceu em 31 de setembro (ainda respeitando o calendário de filiação partidária para possíveis candidatos).

O anúncio do fato, não se sabe ao certo porque, coube ao presidente da Câmara Sebastião Araújo (Ciba), também do PT (mas da ala radical, com Bira do Pindaré, Márcio Jardim e Domingos Dutra, não da ala moderada que conta com Washington Luís e companhia, como fez questão de frisar em seu discurso). A fala de Ciba mais parecia um discurso de líder de governo.

Em seu pronunciamento, cheio de atalhos, Ciba deixou claro que Luís da Amovelar fechou com Roseana Sarney para apoiá-la ao governo em 2010. Essa mudança repentina de postura do ex-pedetista deu-se após um encontro com Roseana Sarney, intermediado pelo deputado Carlos Filho (Partido Verde - PV), ex-genro da governadora. Segundo o vereador Ciba a decisão de aderir ao governo é uma conseqüência da perseguição que Luís tem sofrido como oposição e que a população coroataense tem sido muito prejudicada com isso, para citar alguns exemplos: houve cortes de verbas na área da Saúde, demissões, reajustes salariais. Mas, fica uma dúvida, pelo menos pra mim: agora esta aliança com Roseana permitirá a liberação ao município os recursos bloqueados, serão readmitidos funcionários e os salários serão reajustados ao que eram?

Para sua adesão ao governo de Roseana Sarney, herdeira de uma oligarquia que há anos persegue e prejudica o povo maranhense, Luís da Amovelar deixou o partido que liderou a Frente de Libertação do Maranhão e levou Jackson Lago ao poder derrotando, pela primeira vez em muitos anos, esta oligarquia (que acabou voltando mesmo contra a vontade popular) para filiar-se ao PT, que outrora também fizera parte desta luta contra o sarneysmo. Parece confuso para você? Para mim também, mas assim é a política em nosso país, ou seria politicagem?

Para o vereador Sebastião Araújo (Ciba) o prefeito Luís da Amovelar não tinha outra opção a não ser declarar o apoio a Roseana Sarney (que situação complicada), mas, mesmo sobre pressão resistiu o quanto pode (até o momento do troca-troca partidário rumo às eleições de 2010).

Para a consolidação desta aliança Luís da Amovelar escolheu o PT do presidente Lula, defendendo a mesma ala moderada que a nível nacional tem PMDB como base e agora a nível estadual também (capitaneado por Washington Luís). Declarando-se da ala radical do PT, Sebastião Araújo disse que embora tenha entendido a decisão do prefeito, jamais estará ao lado de Roseana Sarney, que pertence a um grupo que tem combatido desde o inicio de sua militância partidária. “Prefiro deixar a luta política a pedir voto para alguém da família Sarney”. Em seu discurso Ciba chegou a dizer que adesão de Luis da Amovelar ao governo de Roseana Sarney foi fruto de muita pressão, que a mesma não ocorreu de forma espontânea. “Ele não tinha outra saída”, finalizou o vereador Ciba.

Para o vereador Cássio Reis (PDT, ex-partido do prefeito), embora reconheça que Luis da Amovelar tenha sofrido muita pressão desde o início do governo de Roseana Sarney e ter se mantido contra o governo até o último instante, reconhece que a mudança de postura do prefeito lhe é preocupante. “Não vou apoiar uma oligarquia que o meu partido (PDT) ajudou a destruir”, diz Cássio. Segundo o pedetista e (ainda, não se sabe até quando) líder do governo na Câmara o prefeito Luís da Amovelar conversou com o ex-governador Jackson Lago antes da desfiliação, mas que desconhece o teor da conversa.

Para o oposicionista Junior Buhatem (PMDB), se é que ainda existe oposição em nosso município, único do (ex) bloco presente na sessão: “Luís da Amovelar quer mesmo é escapar da cassação”.

O republicano Gilmar Arruda, que, segundo ele, será um eterno combatente das oligarquias Sarney/Trovão/Murad, disse em seu discurso que jamais estará em um palanque pedindo voto para que Roseana Sarney seja eleita para o governo do estado.

Certamente, esta sessão do dia 09 de outubro foi a mais difícil para os vereadores da base governistas. Todos foram unânimes ao reafirmar seu apoio ao prefeito Luís da Amovelar, mas, dizem que não pedirão votos para a oligarquia Sarney. Este discurso não deverá ser sustentado por muito tempo.

Oficialmente Luís da Amovelar ainda não se pronunciou em nota à imprensa local ou em seu canal de televisão, para acalmar os ânimos de seus eleitores (ou para o deboche dos eleitores da ex-oposição).

Leia mais no portal do Jornal do Povo On Line:

Uma mulher de verdade: desinibida, cheia de alegria para viver, uma pessoa encantadora, assim defino a poetisa cordelista Maria Matilde Alves, Dona Matilde (foto), uma cearense nascida em 1953 na cidade de Ipueiras, mas coroataense de coração. Uma velha conhecida entre nós. Famosa por durante as campanhas eleitorais subir em palanques para homenagear o prefeito Luís da Amovelar, uma pessoa pela qual ela diz sentir muito carinho.

Minhas impressões sobre a cordelista aqui registradas, decorrem de um encontro que tivemos (por acaso) na manhã desta terça-feira (07) quando a mesma foi fazer uma visita à redação do Jornal do Povo On Line, que havia produzido dias antes uma excelente matéria sobre sua vida, seus cordéis e até mesmo com vídeos da cordelista lendo, na íntegra, algumas de suas obras, como você pode conferir clicando aqui.

Eu me apaixonei por Dona Matilde, a cordelista. Uma autêntica artista popular. Impossível não se apaixonar pela vitalidade, força de vontade e alegria de viver emanada por uma senhora de estatura mediana, comum ao povo nordestino, no auge dos seus 56 anos de idade (me fez lembrar muito de minha mãe – Dona Maria, também Alves, que aprendo a amar mais a cada dia).

As obras escritas pela cordelista são editadas, com ajuda de amigos, em pequenos volumes e vendidos por ela mesma (a preços simbólicos). Eis alguns dos títulos de cordéis produzidos por Dona Matilde: "Saudade de Uma Mãe", "O Político e o Eleitor", "Tipos de amigos", "Sogra e Nora são Iguais", "Católico de Fachada" e "Filhos da Nova Era".

Obrigado, Dona Matilde por encher uma parte do meu dia de alegria, por dividir comigo um pouco de sua alegria de viver.

Para mais informações sobre a cordelista Matilde Alves, conheça a reportagem escrita pelo jornalista Carlos Pereira Filho para o Portal do JP On Line.


Os fiéis católicos e amigos pessoais de D. Reinaldo Pünder, receberam a triste notícia que, durante sua última viagem ao seu país de origem, Alemanha, para rever familiares e realizar exames clínicos naquele país, o sacerdote recebeu um diagnóstico de câncer no pâncreas. Reinald Pünder, um alemão com cidadania brasileira, há mais de três décadas é o bispo da Diocese de Coroatá, querido por fies, autoridades políticas e até mesmo de outras denominações religiosas.

Ao tomar conhecimento do diagnóstico D. Reinaldo optou por um tratamento alternativo, conhecido como hipertermia. A terapia consiste em induzir o indivíduo, ou parte dele, a um estado febril com o objetivo de matar o tumor sem prejudicar o órgão afetado, neste caso o pâncreas.

O tratamento teve início no mês de novembro, logo após o diagnóstico, em uma clínica na cidade alemã de Bad Aibling que utiliza o método citado, métodos convencionais e outros métodos alternativos. Durante sua estadia na clínica o bispo este acompanhado de médicos e amigos próximos, entre eles Frei Klaus, um velho conhecido dos coroataenses, onde recebeu diariamente, entre outros tratamentos, a hipertermia local.

Durante toda a primeira fase do tratamento, segundo Gotardo Pünder (irmão do bispo), ele se manteve alegre e confiante. “O peso nos últimos anos pode ser uma das causas determinantes para a doença, ele (D. Reinaldo) já sentia, há algum tempo, que sua força física estava limitada”, escreveu Gotardo Puder em e-mail endereçado ao Pe. Alonso Feitosa, o pároco da cidade de Coroatá.

No último dia 1º de outubro o bispo D. Reinaldo escreveu pessoalmente um e-mail (o primeiro desde o início do tratamento) dirigido ao Pe. Alonso dizendo: “atualmente me encontro na Casa das Irmãs Franciscanas de Reute a convite da supervisora geral, para que eu possa recuperar minhas energias, pois o tratamento clínico em Bad Aibling foi meio estressante, uma combinação de terapias naturais e quimioterapia leve, mas mesmo assim “desafiosa”. Em cinco semanas devo voltar à clínica para dar continuidade ao tratamento e até lá estou vendo onde farei o processo de desintoxicação, se possível, em uma clínica naturista que trabalha com a medicina antiga indiana, a ayurveda”. O bispo termina o e-mail parabenizando o Pe. Alonso Feitosa pela realização e pelo sucesso do 3º Encontro de Casais com Cristo (ECC), humildemente pede que as orações dos fiéis coroataenses não estejam voltadas somente para ele, mas por uma multidão que sofre no Brasil e no mundo (inclusive na Alemanha, pondera o bispo) e não tem as mesmas oportunidades de tratamento que ele possui.

Segundo Gotardo Pünder, após a segunda fase do tratamento clínico (mais quatro semanas), seu irmão precisará de no mínimo cinco meses para recuperar-se, ou até mesmo um ano afastado do serviço episcopal.

Enquanto não é nomeado um bispo interino, o Monsenhor Jacó Wasensteiner (vigário geral) assume o comando da Diocese de Coroatá, em contato com D. Reinaldo sempre que necessário.

Agradecimentos:
Pe. Alonso (Pároco), Doralice (secretária da Casa Paroquial) Cleuma Lemos (radialista, clique aqui para ler blog dela).

A Política é a “chave mágica” para consertar o nosso Planeta. Por isso é preciso que os jovens se apaixonem pela Política.


Apatia é o sentimento de indiferença aos acontecimentos do mundo que nos cerca, principalmente no que diz respeito à violação dos direitos fundamentais à pessoa humana – humano, civil, sexual e reprodutivo – e a questão ambiental do nosso planeta.

Apatia é o sentimento de que não somos (co-)responsáveis pelo que acontece à nossa volta (pobreza, fome, corrupção, pedofilia, homofobia, aids).

É a certeza de que não podemos interferir nas “mazelas” do mundo.A injustiça social, a destruição ambiental, a crise política e econômica, tudo acontecendo e a gente assistindo como um mero espectador, como se tudo o que está acontecendo não passe do mais novo sucesso do cinema retratando uma pseudo-realidade, tudo criado com os mais modernos equipamentos de efeitos visuais de Hollywood.Apatia é ver um mundo destruído diante de nós e achar que não é possível ou necessário gritar, espernear, tirar a roupa, dizer o que pensa, fazer uma boa ação, reunir os amigos para “navegar” de encontro a esta realidade.

Apatia, penso eu, é inverso de simpatia, que é o sentimento de se apaixonar, abraçar uma causa, seja ela qual for, e lutar com amor (o que é muito mais sublime que simpatizar-se apenas) para que algo seja mudado, e se não der para mudar valeu o esforço e alegria de poder dizer o que pensa. Simpatia na prática é mobilização, protagonismo, militância, ativismo, palavras que estão muito distante do cotidiano dos nossos “jovens apáticos”.

Volto a dizer, para ficar marcado na memória de quem, porventura, a partir deste “manifesto à simpatia” vir a se engajar em uma causa social, ambiental ou política: o resultado esperado da mobilização e da luta de “jovens simpáticos” nas referidas questões não deve ser apenas a mudança radical da situação ou comportamento enfrentados.

Quantas vezes os bons “simpáticos jovens” da geração de outrora não foram às ruas apenas para dizer “não”, embora soubessem que muitas vezes não seriam ouvidos, ou na certeza de que, já não estariam mais por aqui quando o seu “não” passasse a ser respeitado.O “jovem simpático” carrega no peito o ardente desejo de interferir no mundo que o cerca, e mesmo quando isso não é possível a alegria de ter dito o que ele e seus pares pensam, desejam e o que de fato é melhor para eles, faz jorrar de suas entranhas o gozo e o contentamento de tê-lo feito.

Os “jovens simpáticos” enxergam a verdade absoluta de que o país e o planeta em que vivemos têm uma “chave mágica” para consertar todas as suas imperfeições: mobilização, ou melhor: Política.

Para consertar o nosso país e o nosso planeta precisamos que milhões de jovens tenham simpatia pela Política, que se apaixonem, que morram de amores pela boa e velha Política e que ainda contagiem os que estão ao seu redor com essa paixão.

Artigo publicado originalmente em 22 de dezembro de 2008 no meu blog oficial.

Na manhã desta terça-feira (06), integrantes do Coletivo Acorda Juventude – Movimento Juvenil de Luta, Wallison Martins, Marciel Santos e os coordenadores Cici Almeida e Cleo Freitas (este blogueiro), estiveram na residência da atuante vereadora de oposição Neuza Furtado Muniz (também assistente social, como faço sempre questão de frisar sempre que me refiro a parlamentar), para entregar-lhe uma cópia das 12 Propostas da Juventude para o governo de Luís da Amovelar (PDT). O documento foi elaborado pelo Comitê da Juventude da Coligação Avançando com Desenvolvimento e Liberdade que reelegeu Luís da Amovelar, juntamente com um termo de compromisso que foi assinado por ele e por (quase) todos os vereadores eleitos por sua coligação (exceto Zé Filho).

Na última sessão da Câmara Municipal, onde foi discutida uma indicação ao Poder Executivo pedindo a criação do Sistema Municipal de Juventude, Neuza Muniz (PMDB) solicitou ao Coletivo uma cópia do documento que apresenta as 12 Propostas da Juventude citado no Manifesto à Juventude Coroataense. Cumprindo o papel de agentes sociais e empenhados para a consolidação de políticas de juventude a nível municipal, a caravana (que na oportunidade contou com quatro pessoas) procurou a vereadora para entregar-lhe o documento solicitado.

Aproveitando a oportunidade informaram a vereadora Neuza Muniz que os originais, contendo as assinaturas dos parlamentares eleitos e do então candidato à reeleição Luis da Amovelar, foram roubados, ainda no durante as campanhas eleitorais (mas que sabemos muito bem quem o fez). Sendo assim, nos resta (somente) confiar na consciência de cada parlamentar aliado ao governo e no gestor municipal para a concretização destas propostas firmadas no período eleitoral, e ambos tem nos decepcionado até o momento.

Na ocasião aproveitamos para conferir o brilhante trabalho desempenhado de forma incansável pela vereadora Neuza Muniz. Diariamente a parlamentar atende em sua residência dezenas de cidadãos coroataenses, utilizando sua própria estrutura, para amenizar o sofrimento de uma parcela do nosso povo. O Coletivo Acorda Juventude reconhece e comprovou “in loco” o trabalho de alta relevância prestado pela parlamentar aos cidadãos deste município.

Felicidade
O ex-vereador Walter Santos, cheio de felicidade, se auto parabenizou por sua aprovação no vestibular do Programa de Graduação à Distância da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, no qual foi o 3ª colocado para o curso de Administração Pública, para tanto utilizou um outdoor, ao lado da Prefeitura de Coroatá (foto abaixo). Walter foi o terceiro colocado (o segundo melhor da cidade, como mesmo fez questão de frisar), mas este blogueiro ficou uma posição antes do ex-vereador, sendo aprovado em 2º lugar (ou seja fui o melhor da cidade). Quando ficou sabendo do resultado, quanto a nossa aprovação e posição no referido vestibular, o ex-vereador foi pessoalmente à minha casa parabenizar-me pelo resultado. Uma verdadeira lição de humildade. Acredito que este curso será muito útil para a continuidade do meu trabalho político partidário em favor da juventude, e fico feliz de compartilhar esta minha alegria em meu humilde blog (já que não tenho dinheiro - nem parente que tenha - para a confecção de um outdoor, como fez o ex-vereador). Parabéns a todo nós.


Elogios parlamentar
Sexta-feira (02), parei, após um longo dia de trabalho, na Pizzaria Pague Menos para fazer um lanchinho rápido, acompanhado do meu amigo Profº Wherberth Amador (6º colocado em Filosofia UEMA/EaD), então encontrei o vereador Júnior Buhatem (PMDB) que aproveitou à ocasião para elogiar o meu trabalho neste despretensioso veículo de comunicação aos coroataenses e amigos. Fico contente em saber que este blog está alcançando o objetivo de levar informação a um número cada vez maior de coroataenses.

Parceria de sucesso
Firmada uma parceria que contribuirá (e muito) para o sucesso deste blog. O Jornal do Povo On Line, comandado pelo jornalista, e meu amigo de longas datas, Carlos Pereira Filho, passou a divulgar em sua página inicial um banner deste blog como destaque (um clique é o suficiente para o internauta ser redirecionado para este blog), permitindo assim uma maior divulgação do Notícias de Coroatá, entre os fiéis leitores do JP On Line e o crescente número de internautas coroataenses.

Link para o Twitter do JP On Line, clique aqui.

Agradecimentos: Ao casal Priscila Lima e Diego Prazeres, ambos acadêmicos de Enfermagem da FAESF (Pedreiras) colaboradores deste blog.

Sinto-me feliz e realizado ao escrever este post.

Gilmar Arruda (PRB) defende na tribuna a indicação que solicita ao Executivo Municipal projeto de lei que cria o Sistema Municipal de Juventude

Parte da juventude presente na sessão em foto com o presidente da Câmara (Ciba Araújo) e o autor da indicação (Gilmar Arruda)


Há algumas horas a indicação 186/2009 de autoria do vereador Gilmar Arruda (PRB), que solicita ao prefeito Luís da Amovelar o envio à Câmara o projeto de lei que cria o Sistema Municipal de Juventude (Coordenadoria, Conselho e Fundo).

A indicação, sugerida pelo coletivo Acorda Juventude, foi alvo de muita discussão entre os vereadores oposicionistas e governistas, mas não houve nenhum posicionamento contrário, somente sugestões e elogios. Lideranças juvenis e estudantis presentes aplaudiram de pé a aprovação por unanimidade da indicação.

Se acatada pelo prefeito Luis da Amovelar uma comissão especial será criada na Câmara para discutir o projeto de lei e incluir dotação orçamentária necessária ao departamento no orçamento do município, que ainda se encontra em discussão na Casa.

Não poderia de deixar de citar o apoio e a colaboração dos vereadores de oposição, Neuza Muniz e Junior Buhatem (ambos do PMDB) que, além de votar a favor da indicação, fizeram ponderações necessárias e elogios às lideranças presentes pelo esforço incansável na luta pela institucionalização das políticas voltadas para o segmento.

Ainda hoje devo postar aqui matéria completa sobre a sessão na Câmara com todas as fotos.

Leia abaixo (na íntegra) o discurso de Gilmar Arruda em defesa da indicação ao executivo municipal pedindo a criação do Sistema Municipal de Juventude:

Trago para apreciação dos companheiros desta casa uma indicação que atende às necessidade da juventude coroataense e de lideranças juvenis. A presente indicação solicita ao chefe do poder executivo deste município, o prefeito Luis da Amovelar, a criação - em caráter de urgência – do Sistema Municipal de Juventude compreendido pela Coordenadoria, Conselho e Fundo Municipal de Juventude, para que, tão somente assim, Políticas Públicas de Juventude (PPJ) sejam efetivadas a nível municipal, acompanhado a conjuntura nacional que vem sendo construída no Brasil pelo governo Lula desde 2005 com a criação da Secretaria e do Conselho Nacional de Juventude.
O modelo nacional criado pelo presidente Lula foi logo seguido por todos os estados da federação, como o Maranhão, que desde o início do governo de Jackson Lago conta com a Secretaria de Estado de Esporte e Juventude, e seguido também por cidades de todo o nosso estado, como as vizinhas Timbiras, Caxias, entre outras, que contam com um departamento dedicado a juventude em sua estrutura de governo.

Coroatá ainda se encontra em atraso em relação a muitos municípios maranhenses quando se trata da institucionalização das políticas voltadas para a juventude, mesmo tendo sido criada através do Decreto Municipal 546/2008 a Unidade Municipal de Juventude em fevereiro daquele ano, o que não atendeu às necessidades do segmento. O prefeito municipal já deveria ter enviado a esta casa um projeto de lei criando o Sistema Municipal de Juventude, ou, no mínimo uma coordenadoria para discutir diretamente com o segmento as suas necessidades e prioridades.

Mas antes tarde do que nunca. Trago a esta casa contando com o apoio dos companheiros parlamentares para a aprovação desta indicação que solicita ao Prefeito Luis da Amovelar a criação do Sistema Municipal de Juventude. Quem vai ganhar com a criação do Sistema de Juventude é o governo e, principalmente, a própria juventude.


Lideranças do Coletivo Acorda Juventude reunem-se após a aprovação da indicação do vereador Gilmar Arruda

A juventude presente na galeria da Câmara Municipal para acompanhar a votação



Vereadora Neuza Muniz (PMDB) comentando e elogiando a indicação.

Agradecimentos: Carlos Filho (jornalista) e a todos os jovens presentes na galeria da Câmara na manhã de hoje.

Clique aqui para ver o álbum no Picasa com as fotos durante e após a sessão na Câmara.

Clique aqui para visitar o site do Jornal do Povo On Line, parceiro deste blogueiro.

Fale comigo

Fone: (99)81247070
E-mail: cleo_bf@hotmail.com

Ipsum Tempor

VISITE MEU BLOG OFICIAL, CLICANDO AQUI.

Sit amet

É permitida a reprodução total ou parcial de textos publicados neste blog, desde que citada a fonte.

Ultricies Eget

Militante político filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), blogueiro profissional e futuro acadêmico de Bacharelado em Administração Pública (UEMA). Tenho vinte e poucos anos, quatro deles vividos na blogosfera, já escrevi e ainda mantenho vários blogs além deste. Sou ainda militante social e apaixonado pelas coisas mais simples (e sem cores) da vida. Costumo, sinicamente, aconselhar aos amigos: nunca tenha um blog (você pode se viciar). Este blog traz minhas observações sobre política, juventude, sociedade e cotidiano da pequena cidade de Coroatá.

Fãs deste Blog